Quinta-Feira, 18 de Fevereiro de 2016
Edições Anteriores    |    Twitter     
img
João Nascimento
Apimentadas


Sacrifício
O senador Waldemir Moka (PMDB-MS) afirmou em Plenário que é preciso uma grande “união nacional” em torno de uma solução para o Brasil. E que, para isso, é preciso da determinação e do sacrifício pessoal de cada um, inclusive para aprovar medidas impopulares mas que se fazem necessárias para resolver a crise que afeta o país.

Críticas
Em pronunciamento na sexta-feira (27), a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) criticou as primeiras medidas econômicas anunciadas pelo presidente interino, Michel Temer. Para ela, suspender todas as contratações previstas no programa Minha Casa Minha Vida é um grave erro, pois essa política pública movimenta a economia e gera empregos em todas as cidades do país.

Fundos Constitucionais
A Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia aprovou projeto do deputado Marcos Abrão (PPS-GO) que obriga os fundos constitucionais regionais a aplicarem pelo menos 20% dos recursos em pequenos e miniprodutores rurais e pequenas e microempresas (PL 3446/15). A proposta altera a Lei 7.827/89, que criou os fundos constitucionais de financiamento do Norte (FNO), Nordeste (FNE) e Centro-Oeste (FCO).

A proposta recebeu parecer favorável do relator na comissão, deputado Alan Rick (PRB-AC), que destacou a importância de fomentar os micros e pequenos empreendimentos das três regiões, hoje alijados das políticas oficiais de crédito subsidiado. “A proposta é fundamental para integrar beneficiários ainda não alcançados pela política regional do governo, impactando positivamente as economias das regiões menos desenvolvidas”, disse Alan Rick.

Elogios
O senador José Medeiros (PSD-MT) elogiou a equipe econômica recém-formada pelo presidente interino Michel Temer e disse acreditar no sucesso dos novos integrantes do governo.

Em discursoo parlamentar afirmou que os novos comandantes da economia do país têm condições de implementar políticas públicas factíveis em um Estado mais enxuto, capaz de retornar aos contribuintes serviços de qualidade.

CPI da Lei Rouanet
Pedido para a criação da CPI da Lei Rouanet traz para o centro do debate na Câmara a principal fonte de recursos da cultura brasileira.

A Lei Rouanet, sancionada no final de 1991, durante o governo Collor, permite a produtores e instituições captarem recursos para financiar projetos culturais com empresas públicas e privadas e pessoas físicas, que recebem o valor doado em forma de desconto no Imposto de Renda.

Para repercutir o tema, o Com a Palavra entrevistou um dos autores do requerimento para criação da CPI, deputado Alberto Fraga, do Democratas do Distrito Federal.

Parecer
O relator do processo no Conselho de Ética contra o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deputado Marcos Rogério (DEM-RO), informou que vai entregar seu parecer nesta terça-feira (31) ao presidente do colegiado, deputado José Carlos Araújo (PR-BA).

Vereadora por Manaus
Pré candidata a vereadora por Manaus, Adriana Souza (PRTB) é de famílias tradicionais na política do Amazonas e do Acre. Ela é apontada como favorita a uma das 41 vagas no parlamento da capital amazonense exatamente pelo sangue político que corre em suas veias. Welves Dias, o Palestino, que realizou belo trabalho como tesoureiro da juventude do PMDB em Goiânia, é um dos coordenadores da pré campanha de Adriana

Juarezão
O deputado Juarezão se comprometeu em ajudar a saúde no Distrito Federal, assim como tem feito há algum tempo. Sempre disposto a destinar emendas orçamentárias para o setor, o parlamentar também quer sensibilizar os colegas na Câmara Legislativa em prol da saúde.

Romaria 2016
O Santuário Basílica de Trindade (GO) lança nesta terça-feira, 31 de maio, às 8h30, a Romaria do Divino Pai Eterno 2016. Na ocasião, estarão presentes o Superior Provincial dos Redentoristas de Goiás e presidente-fundador da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), Pe. Robson de Oliveira, e o reitor do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, Pe. Edinisio Pereira. Em entrevista coletiva, eles falarão sobre a programação e outros assuntos relacionados à devoção ao Divino Pai Eterno.

A Romaria, este ano, acontece de 24 de junho a 3 de julho. São dez dias de festividades que terão como tema principal “O Pai Eterno é Misericordioso”. Os preparativos para receber os romeiros de todo o Brasil na Capital da Fé de Goiás já se iniciaram. A expectativa é que cerca de 2,5 milhões de pessoas participem dos dez dias de Romaria.

Inaugurada primeira central de relacionamento da prefeitura de Goiânia
O prefeito Paulo Garcia inaugurou a primeira central de relacionamento presencial da Prefeitura de Goiânia. Instalada no Palácio das Campinas Venerando de Freitas Borges (Paço Municipal), no Park Lozandes, a Atende Fácil funcionará de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e aos sábados e pontos facultativos, das 7h às 12h, com objetivo de facilitar o acesso a aproximadamente 250 serviços prestados pela administração da Capital. A solenidade que marca o início dos trabalhos aconteceu às 8h30 no térreo do bloco F, onde está localizada a unidade.

Concebida aos moldes do Vapt Vupt e de outras Centrais de Atendimento Integrado espalhadas pelo país desde o início da década de 90, a Atende Fácil tem capacidade para atender duas mil pessoas por dia em 31 guichês. Inicialmente, a unidade reúne serviços de oito órgãos: Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma), Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), Vigilância Sanitária e das secretarias municipais de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia (Sedetec), Finanças (Sefin), Administração (Semad), Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh), e Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT).

“Essa central foi pensada como forma de concentrar em um único espaço físico a prestação de diversos serviços públicos e de utilidade pública, com a infraestrutura necessária para garantir conforto e comodidade aos cidadãos e cidadãs desta cidade. Queremos propiciar aos munícipes alto padrão de atendimento. Um padrão calcado na qualidade, celeridade, eficácia e eficiência, que proporcione diminuição de tempo e de custo tanto para a prefeitura quanto para os homens e mulheres desta cidade”, explica Paulo Garcia.

Jogos Olímpicos: 120 anos de história
Os primeiros Jogos Olímpicos da era moderna foram realizados em Atenas, na Grécia, em 1896. Com o passar do tempo, os Jogos foram ganhando maior importância e tornando-se progressivamente mais complexos e grandiosos. Hoje, trata-se do maior evento global organizado em tempos de paz.

Nesses 120 anos de história, foram poucos os países que sediaram os Jogos. Os 27 Jogos Olímpicos foram realizadas em apenas 18 países, 11 dos quais na Europa. Os dois países que mais vezes receberam os Jogos foram os Estados Unidos, em quatro ocasiões (1904, 1932, 1984 e 1996) e o Reino Unido, em três (1908, 1948 e 2012). Além disso, Alemanha (1936 e 1972), Austrália (1956 e 2004), Grécia (1896 e 2004) e França (1900 e 1924) sediaram o evento por duas vezes.

A realização dos Jogos é oportunidade singular para atrair a atenção de todo o mundo ao país que os acolhe e para promover melhorias que beneficiem sua população. Os Jogos de Tóquio (1964), por exemplo, ajudaram a consolidar a imagem de um Japão reconstruído e moderno, que soube não apenas se recuperar da destruição sem precedentes da Segunda Guerra Mundial, mas também superar os anos de militarismo e expansão imperial e reintegrar-se à comunidade internacional. Os Jogos contribuíram, também, para a expansão da infraestrutura de transporte e o acelerado desenvolvimento econômico e tecnológico japonês. Para o evento, foram construídos, entre outros, o trem-bala entre Tóquio e Osaka (“Tokaido-Shinkansen”), vias expressas na área metropolitana de Tóquio, duas novas linhas de metrô, além da ampliação da zona portuária.

Os Jogos de Barcelona (1992) também são historicamente reconhecidos como bem-sucedidos por seus benefícios concretos para a cidade e para o país. Os Jogos reduziram significativamente o desemprego na cidade no período de sua preparação, e estima-se que as obras de infraestrutura erguidas para as competições tenham criado 20 mil empregos permanentes. Antigos edifícios na região portuária foram destruídos para dar lugar a uma marina moderna e a três quilômetros de praia. A imagem da cidade foi transformada, e Barcelona tornou-se um dos mais importantes polos turísticos da Europa. Além disso, os investimentos na área esportiva renovaram o esporte espanhol, que passou a contar com atletas de primeiro nível em modalidades como tênis, basquete, ciclismo, futebol, entre outras.

Em menos de três meses, o Brasil estará no centro do mundo com a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. O potencial transformador dos Jogos é enorme, com benefícios concretos para todo o país. Juntamente com o processo de recuperação da economia brasileira, o sucesso dos Jogos contribuirá para promover um resgate da imagem do país e para unir a nação brasileira em um mesmo espírito de paz, harmonia e celebração. Os Jogos Rio 2016 serão inesquecíveis.